Veja quem tem direito ao PIS/Pasep; R$ 24,5 bilhões estão disponíveis para saque

 


 

O abono salarial do PIS/Pasep ainda conta com mais de R$ 24,5 bilhões a serem sacados. Esses recursos são destinados aos trabalhadores que tiveram carteira de trabalho assinada entre as décadas de 70 e 80 . Para além dos trabalhadores, os herdeiros também podem retirar os recursos.


Desse montante, cerca de R$ 22,8 bilhões são de cotas do extinto fundo PIS/Pasep, repassados ao FGTS , e R$ 1,2 bilhão é de recursos do abono salarial não sacados em outros anos, além de R$ 448,4 milhões de abono salarial do atual calendário.


Quem pode retirar cotas do PIS?


De acordo com o site Diario do Nordeste, tem direito ao saque das Cotas do PIS somente o trabalhador cadastrado como participante do Fundo PIS/PASEP até 04/10/1988 e que ainda não realizou o saque.


O prazo para sacar, neste ano, o abono salarial do PIS/Pasep 2020/2021 (referente ao ano-base 2019) acabou no dia 30 de junho. Mas, de acordo com a Resolução 838 , do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), publicada em 24 de setembro de 2019, a retirada do dinheiro ainda poderá ser feita pelo trabalhador pelos cinco anos seguintes após o encerramento do cronograma de pagamentos.


A questão é que será preciso esperar um pouco. O benefício só voltará a ficar disponível no calendário de pagamentos do próximo ano-base.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.