Marineide Diniz poderá ser cassada por uso de contratado em campanha eleitoral.


Os fatos foram melhores esclarecidos durante a audiência de instrução, ocasião em que o suposto motorista doador, testemunhou que não dava expediente na prefeitura de Carnaubais, trabalhando apenas para a senhora Marineide Diniz, afirmando ainda trabalhar em tempo integral de domingo a domingo, durante toda campanha eleitoral, fato este comprovando inclusive pelo próprio contrato da doação dos serviços, anexado ao processo, na qual confirma o testemunho do motorista.

As provas da irregularidade são robustas, uma vez que além do testemunho do suposto doador, foi anexado aos autos o contracheque do mês de outubro (imagem), justamente do período eleitoral, na qual a prefeita candidata, exercia o mandato interino.

Infelizmente essa prática não é nova no meio eleitoral, sendo inclusive o mesmo motivo da cassação da ex-Prefeita de Mossoró Cláudia Regina, no ano de 2012, demonstrando que a justiça não tolera essa prática imoral de usar os recursos públicos para benefício eleitoral. Além deste fato ainda pesa contra a Prefeita outras graves acusações e provas de caixa 2 e abuso de poder econômico. O processo já foi concluído e aguarda parecer final do Ministério Público para ser encaminhado para julgamento.


Pendencias News

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.