Quarta dose da vacina contra Covid-19 aumenta em 5 vezes anticorpos segundo estudo israelense, diz premiê

 

Uma quarta dose da vacina contra a Covid-19 aumenta em cinco vezes os anticorpos uma semana após sua aplicação, disse o primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, nesta terça-feira, citando resultados preliminares de um estudo israelense.

“Uma semana após a quarta dose, sabemos com maior grau de certeza que a quarta dose é segura”, disse Bennett no Sheba Medical Center, que está aplicando uma segunda dose de reforço em um teste entre sua equipe em meio a um aumento nas infecções pela variante Ômicron do Coronavírus no país.

“A segunda notícia: sabemos que uma semana após a administração da quarta dose, vemos um aumento de cinco vezes no número de anticorpos na pessoa vacinada”, disse ele a repórteres.

“Isso provavelmente significa um aumento significativo contra infecção e… hospitalização e sintomas (graves)”, disse Bennett.

Israel desempenhou um papel importante no estudo dos efeitos dos imunizantes contra a Covid-19, sendo o país a distribuir mais rápido o esquema de duas doses da vacina para uma grande população, há um ano, e um dos primeiros a dar a terceira dose de reforço.

O país agora está aplicando a quarta dose da vacina da Pfizer/BioNTech em pessoas com mais de 60 anos, profissionais de saúde e pacientes imunocomprometidos.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.