Veja quem são as vítimas da tragédia com lanchas em Capitólio

 

A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou neste domingo (9/1) informações sobre os dez mortos que já foram encontrados após a queda da rocha sob lanchas no cânion de Capitólio.
Até o momento, apenas uma das vítimas que foram a óbito teve a identidade confirmada de maneira oficial, segundo a Polícia. Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG), cidade da região, é o primeiro com nome oficializado.
O corpo de Júlio estava íntegro e foi liberado para ser enterrado pela família. Ele, assim com os outro nove mortos confirmados, estava na lancha Jesus.
Os demais corpos darão mais trabalho para identificação devido ao forte impacto, de acordo com o Instituto Médico Legal de Passos (MG).

Informações sobre os corpos encontrados:
- Julio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG);
- Piloto da lancha Jesus, 40 anos, natural de Betim (MG);
- Mulher, 43 anos, natural de Cajamar (SP);
- Mulher, 18 anos, natural de Paulínia (SP), filha da mulher de 43 anos;
- Homem, 67 anos, natural de Anhumas (SP);
- Mulher, 57 anos, natural de Itaú de Minas (MG), esposa do homem de 67 anos;
- Homem, 24 anos, natural de Campinas (SP);
- Homem, 35 anos, natural de Passos (MG);
- Adolescente, 14 anos, natural de Alfenas (MG), neto do casal de 67 e 57 anos;
- Homem, 37 anos, natural de Itaú de Minas (MG), filho do casal de 67 e 57 anos e pai do adolescente.
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.