Educação deve perder R$ 4,2 bilhões em 2021

 

O governo pretende cortar R$ 4,2 bilhões do orçamento do Ministério da Educação para 2021. A redução atinge despesas não obrigatórias e representa 18,2% menos do que o previsto para 2020. No ano passado, a perspectiva de congelamento dos recursos gerou protestos em todo o país.

Segundo o MEC, o Ministério da Economia alegou que a crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus impõe redução no orçamento e pediu esforço na otimização de recursos. No entanto, gestores estaduais e municipais do setor afirmam que a volta às aulas presenciais demanda mais recursos.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.