Palmeiras aproveita vantagem numérica e faz 6 a 0 sobre o Universitario. Verdão não toma conhecimento do time peruano e fecha fase de grupos da Libertadores com a segunda melhor campanha

  LIBERTADORESZé Rafael comemora um dos gols da vitória do Palmeiras sobre o Universitario

 Zé Rafael comemora um dos gols da vitória do Palmeiras sobre o Universitario.

Em partida válida pela sexta e última rodada do Grupo A da Copa Libertadores da América 2021, o Palmeiras goleou o Universitario por 6 a 0, no Allianz Parque. Os gols foram marcados por Matías Viña, Zé Rafael, Gustavo Gómez, Wesley e Rony (2x).

Com a vitória, o Verdão alcançou os 15 pontos e terminou líder do Grupo A, além de ficar com a segunda melhor campanha geral da competição. Já a equipe peruana ficou na última posição do grupo, com quatro pontos.

EXPULSÃO NOS MINUTOS INICIAIS

O Palmeiras controlava a posse de bola, mas não conseguia acelerar o jogo e infiltrar na defesa adversária. O Universitario, mesmo com uma formação defensiva, encontrava alguns espaços nos contra-ataques.

 O jogo mudou de rumo aos 17 minutos. O atacante Alberto Quintero recebeu lançamento e ia em direção ao gol. Weverton saiu da área e disputou a bola com a cabeça. O jogador da equipe adversária acertou apenas a cabeça do arqueiro alviverde, e o árbitro Cristian Garay expulsou Quintero.

PROBLEMAS DE CRIAÇÃO

Com um homem a mais, o Verdão adiantou suas linhas de marcação, mas seguia com problemas para criar jogadas. Aos 27, Wesley recebeu com espaço e tocou para Willian, no lado esquerdo da área. O atacante chutou de chapa, mas não pegou bem na bola, e Carvallo fez fácil defesa.

O camisa 29 teve mais duas chances na primeira etapa, e em uma delas, ficou na bronca com a arbitragem, reclamando de um possível pênalti em lance com Rugel.

VERDÃO ENGATA SEGUNDA MARCHA

Aos 37, a equipe da casa teve a chance mais perigosa da partida. Gustavo Scarpa recebeu lançamento e carimbou a trave.

Aos 46, Zé Rafael aproveitou vacilo do zagueiro Alonso, entra livre na área e apenas deslocou o goleiro para ampliar a vantagem alviverde.

VIROU PASSEIO...

O Palmeiras voltou do intervalo com uma postura mais agressiva, enquanto o Universitario não conseguia sair do campo de defesa.

Aos 5 minutos, Viña chutou ao gol, Alonso não conseguiu afastar a bola, que se ofereceu a Wesley. 

 No canto esquerdo da área, o jovem chutou colocado, mas o auxiliar anotou impedimento do atacante palmeirense.

Mesmo com o gol anulado, a equipe da casa chegou ao terceiro tento. Após confusão na área e uma saída esquisita do goleiro Carvallo, Gustavo Gómez aproveitou sobra e, de fora da área, ampliou.

E não parou por aí. Seis minutos depois, Scarpa recebeu de Gabriel Menino na direita, fez bom drible de corpo e cruzou rasteiro. Viña chutou travado, e a bola se ofereceu para Willian, sozinho, fazer o quarto tento palmeirense.

ABEL MUDA E RONY ANOTA DOIS

Com ampla vantagem, Abel Ferreira colocou em campo Luan, Rony e Luiz Adriano, tirando Gustavo Gómez, Alan Empereur e Willian.

Com três minutos em campo, o camisa 7 palmeirense balançou as redes. Após cruzamento da esquerda, Gabriel Menino cabeceou cruzado, Rony apareceu embaixo da trave e fez o quinto.

Rony ainda contou com vacilo enorme da defesa adversária, e, aos 45 da etapa final, roubou a bola na área do rival e fez seu segundo na partida.

O Verdão tinha amplo domínio da partida e empilhou chances contra a equipe peruana, que ficou sem respostas durante o segundo tempo.

 

 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.