STE nega recursos a Hélio de Mundinho e determina nova eleição em Gumaré

 


O rico município de Guamaré disputará mais uma eleição suplementar esse ano. O ex-prefeito Hélio de Mundinho - MDB, que tinha disputada a eleição em 2.020 sobre judice foi eleito mas não assumiu. No entanto elegeu o irmão Eudes de Mundinho - MDB, vereador que se tornou eleito presidente da Câmara a quem assumiu a prefeitura diante da impossibilidade da vagância do cargo de prefeito.

 

O caso vinha se mantendo através de recursos em Brasília, mas ontem 10, o Ministro Alexandre de Morais recusou os recursos de Hélio e determinou nova eleição em Guamaré. Resolvido o imbróglio mandou de volta o processo ao TRE/RN, a quem cabe definir a data do novo pleito eleitoral.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.