DINHEIRO EM CONTAS OFFSHORE: INVESTIGAÇÃO APONTA PAULO GUEDES, PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL E OUTROS

Ministro Paulo Guedes e presidente do Banco Central tem dinheiro em contas offshore, diz site

Uma investigação internacional, intitulada Pandora Papers, revelou que vários políticos, incluindo o ministro Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, possuem contas offshores. A informação foi publicada neste domingo (3) no site Poder360 e em diversos outros veículos como a Revista Piauí. Os sites trouxeram a reportagem após vazamento de documentos que revelam segredos financeiros de 35 líderes mundiais, atuais e passados.

Segundo o apurado, em 2014, Guedes criou o Dreadnoughts International Group nas Ilhas Virgens Britânicas, um conhecido paraíso fiscal. Em junho deste ano, o ministro apresentou um pacote da reforma tributária, onde era estabelecido um imposto de 30% sobre os lucros obtidos por meio de entidades offshore.

Após oposição de banqueiros e empresários, esse trecho foi removido do pacote, que ainda continua sendo negociado. Ao todo, 15 brasileiros estão implicados na investigação relacionada ao Pandora Papers, entre eles também está presente o atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Os brasileiros estão em destaque dentro desse clube exclusivo. Com 1.897 nomes, o país é o quinto com a maior quantidade de pessoas citadas na base do Pandora Papers, que conta com pelo menos 27.100 offshores. Dentre elas, estão os donos das maiores empresas do Brasil, como os irmãos Andrea, Eduardo e Fernando Parrillo, donos do plano de saúde Prevent Senior; o dono do grupo Guararapes (Riachuelo) e quase candidato à Presidência da República em 2018, Flávio Rocha; os donos da Grendene, Pedro e Alexandre Grendene; o patriarca da família Menin, Rubens Menin, e seus filhos, donos da MRV, o Banco Inter e a CNN Brasil, entre outras empresas, e o dono da Rede D’Or, Paulo Junqueira Moll. Todos eles afirmaram ter declarado a propriedade das offshores às autoridades brasileiras.

Com informações do site Poder360. 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.