NÃO VEJO SENTIDO NO AUMENTO DOS PROFESSORES, AINDA ESTAMOS EM GUERRA' - DIZ PAULO GUEDES

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje que não vê sentido no reajuste do salário dos professores, e que o país ainda precisa controlar o orçamento em meio à crise causada pela variante ômicron.

“Se nós estávamos em home office, nós do funcionalismo, fazendo live, fazendo o distanciamento social necessário do ponto de vista de não forçarmos o sistema hospitalar […]. Se nós estávamos numa situação dessa, não faria o menor sentido os professores, em casa, fazendo aula à distância quando podiam, os alunos também em distanciamento, qual o sentido de pedir reajuste de salário?”, questionou ele durante a apresentação dos resultados do Tesouro em 2021.

UOL 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.