CONDENADO A 51 ANOS DE PRISÃO POR MATAR BEBÊ EM MOSSORÓ-RN É PRESO NA PARAÍBA

 


A Polícia Militar prendeu nesta terça-feira (5) em Campina Grande, um homem que é membro do grupo criminoso denominado Primeiro Comando da Capital (PCC), que é considerada a maior facção criminosa da América Latina.
Contra o homem, também existe a acusação de participar de vários homicídios no município de Mossoró, no estado do Rio Grande do Norte.
O acusado identificado como Geovani de Melo Nogueira de 25 anos, mais conhecido como “buxudo”, foi preso durante uma ação conjunta da força tática da Polícia Militar da Paraíba, com a polícia do RN.
O foragido tem condenação de 51 anos de prisão em regime fechado, pela morte do bebê, Antony Caleb Bezerra da Silva que tinha 1 ano e 6 meses, crime ocorrido no dia 04 de novembro de 2018 no Conjunto Malvinas em Mossoró. (RELEMBRE)
Após ser julgado e condenado, pelo crime, Geovani de Melo conseguiu fugir da Cadeia Pública de Mossoró, fuga ocorrida no dia 04 de maio de 2020. Ele fugiu juntamente com seu irmão, Jefferson de Melo Nogueiraque também tinha sido condenado a 51 anos de prisão, e outros cinco presos.
Jefferson morreu em confronto com a PM na zona rural de Mossoró, um mês depois da fuga. (RELEMBRE)
“Ele era muito procurado na região, principalmente pela morte de uma criança na cidade que causou muita repercussão, ele pertence ao PCC, a maior facção da região”, explicou o coronel da Polícia Militar Arilson Valério.
O acusado segue a disposição da justiça.

Passando na hora 
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.