Internada com quadro de piora de covid, filha de Sílvio Santos prega o “fique em casa” e manda recado a Bolsonaro: “No Brasil não para de morrer gente. Isso não é engraçado”

Filha número 2 do apresentador Silvio Santos, Sílvia Abravanel, de 49 anos, que testou positivo para covid no dia 28 de fevereiro, teve uma piora e precisou ser internada na noite de sábado, 3.

Ela disse que nem sabe como chegou ao hospital, e só sabe que chegou “implorando por ar para respirar”, após sua saturação ter caído bastante.

Na noite desta segunda-feira, ainda no hospital e respirando com ajuda de oxigênio, Sílvia, que apresenta o programa infantil ‘Bom Dia e Cia’, do qual está afastada, fez uma live em seu instagram para falar do seu estado de saúde.

E ela não mediu as palavras. “Não vou me preocupar com a opinião de ninguém, disse a apresentadora, questionando medicamentos ao afirmar que está medicada desde o primeiro dia da doença, mas não adiantou muito. “Piorei”-, disse a filha de Silvio Santos, deixando claro que o tratamento precoce não impede um quadro de piora como aconteceu com ela.

“Chega! Deu! Parou! Fique em casa!”, foram apelos feitos por Silvia Abravanel na live onde não poupou o presidente Jair Bolsonaro ao criticar a forma como o Brasil trata a pandemia.

“Vários países nesses mundo já estão sendo curados, as pessoas já voltaram à vida normal. E o Brasil? Não para de morrer gente. Isso não é engraçado. Isso não é legal. Isso não é bonitinho”, disse Silvia Abravanel, mandando um recadinho para o presidente da República que tem dado maus exemplos à população ao aparecer sem máscara em lugares lotados.

“Fique em casa”, repetiu a filha de Silvio Santos”.

O “Fique em casa” é tudo o que o governo Bolsonaro mais tem criticado, inclusive o ministro das Comunicações Fábio Faria, cunhado de Sílvia Abravanel.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.