Depois da facada, devem ter costurado o intestino na garganta", diz Renan. Senador rebate o presidente Bolsonaro que o chamou de "ladrão"

 EPOIS DA FACADA DEVEM TER COSTURADO O INTESTINO NA BOCA

 Omar Aziz e Renan Calheiros

 Omar Aziz e Renan Calheiros

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros , rebateu críticas do presidente Jair Bolsonaro neste sábado. O chefe do Executivo chamou Renan de "ladrão", que respondeu: "é preciso examinar se depois da facada não costuraram o intestino direto na garganta ."

Desde que a comissão foi instalada, o presidente ataca reiteradamente os parlamentares, principalmente o "G7" da oposição , grupo do qual Renan faz parte. 

Depois de Bolsonaro afirmar que "cagou" para a CPI, e que não responderá à intimação para manifestar-de sobre as denúncias de Luís Miranda, Renan adotou a retórica de "primeira latrina", para referir-se ao mandatário. 

Segundo a entrevista de Bolsonaro, a carta foi enviada por " três bandidos ", referindo-se aos senadores Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

"Não vou responder [carta da CPI]. Não tenho obrigação de responder. Ainda mais carta para bandido. Três bandidos. Vou responder para ladrões, bandidos? Não vou responder", disse.

 

 (Por 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.